quinta-feira, 18 de outubro de 2007

SAIBAM...


Se vocês ouvirem por aí que estou desviado, por favor, não acreditem. Quem está desviado só está por ainda possuir um vínculo com a via anterior. Não me intitulem assim, não tenho ligação nenhuma com aquilo o qual um dia pensei ter.

Se dizem por aí que agora sou do mundo, acreditem, nunca tive a pretensão de não ser, aliás, isso é coisa de alien, ser de outro mundo, eu só tenho esse o qual eu vivo mesmo.

Se dizem por aí que estou enganado, digo que não. Enganado estava quando me achava por mim mesmo estar no caminho. Hoje só sei estar no Caminho pela Paz que agora habita em mim, de saber que nada vem de mim, mas Dele, apenas creio e caminho.

Se alguém disser por aí que "nos últimos dias surgiriam falsos profetas" fazendo referência a mim, digo que desde muito os falsos profetas já estão na terra, desde sempre negando a Cruz com suas presunções e idiotices; com suas religiões e petulâncias; com suas auto-justiças e falta de amor; com seus "jesuses" e seus "deuses". E esses só vestem peles de cordeiro por estar no meio deles.

Se disserem por aí que não sou mais crente, acreditem, não faço questão de que assim me chamem, pelo contrário, chamem-me de apóstata, mas não me chamem de "crente". Não caminho segundo tal espírito.

Se ouvirem dizer que estou entrando pela porta larga, saiba, que estou em um caminho larguíssimo, onde não sei "qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade". A única coisa que sei-saboreando é que nem a morte, nem os mortos, nem a vida, nem os que presunçosamente dizem por sí mesmos estar vivos, nem coisa alguma que seja "coisa" ou qualquer outra "Coisa", poderá me separar do Amor de Deus que está em Cristo, o qual é meu Senhor e Salvador, não da boca pra fora, mas isso escrito está nas entranhas do meu ser.

Se dizem por aí que estou vivendo uma vida que não "é de Deus", saibam, não tenho outra vida pra viver senão apenas a que Dele vem, pois Nele eu existo, me movo e vivo. Sorrio e me angustio Nele; me alegro e me entristeço Nele; provo das estações da vida sejam quais forem, Nele; peco e sou santificado Nele. Não tenho em quem ser senão Nele.

Se dizem que estão surpreendidos comigo, digo que não, apenas me vêem fora dos seus padrões morais-religiosos, nada além disso. "Desviar" signigica apenas isso, assim como se "converter" também. São só performances.

Não tenho performances para assumir. Não tenho pretensão de subir degraus denominacionais. Não tenho a pretensão de ser um "super-ungido". Não tenho a pretensão de buscar de Deus "poder" para me destacar entre os supostos "somente-membros". Não, de fato, não. "Poder" apenas busco o do perdão, o do amor, o da bondade, da compreensão e da misericórdia. Não tenho senão a minha fé, essa dada por Deus, de que Nele sou o que sou, não tenho nenhuma pretensão de ser outra coisa que não eu mesmo,

Enquanto isso faço ouvir a Boa Nova: Em Cristo o mundo está reconciliado com Deus, e Deus está em Paz com todos.

Nele.

Nenhum comentário:

DRUMMOND SEM TRIUNFOS

Chega um tempo em que só se diz "meu Deus" Tempo de inabissoluta depuração Tempo em que se diz "meu amor" Pois o...