sexta-feira, 5 de outubro de 2007

... EM PAZ


Procurei motivos que me fizessem chorar
Mas não encontrei lágrimas que pudesse derramar
E os motivos os quais encontrei não me deram senão alegria
Descobri que diante deles estou em Paz

Procurei uma música que me trouxesse a melancolia
Mas não encontrei minha alma disposta à dor
E a melancolia que encontrei não me trouxe outra coisa senão ternura
Descobri que diante dela estou em Paz

Procurei um poema que me trouxesse a nostalgia da saudade
Mas não encontrei em mim o desejo de olhar para trás
E a saudade que não encontrei não me trouxe outra coisa senão a leveza do presente
Descobri que diante dela estou em Paz

Procurei nos olhos de uma garota a vontade de amar
Mas não encontrei no meu ser razão de encontrar do lado de fora o que está do lado de dentro
E o amor que encontrei não trouxe vontade de começar, apenas de continuar amando
Descobri que amo a vida em Paz

Procurei mil razões para chorar um pouco
E a brisa me veio como um sopro de bondade
Trouxe Paz, e me reconciliou à ela quando ainda estava angustiado
Descobri que estou em Paz comigo mesmo, e com Deus

Nenhum comentário:

DRUMMOND SEM TRIUNFOS

Chega um tempo em que só se diz "meu Deus" Tempo de inabissoluta depuração Tempo em que se diz "meu amor" Pois o...