segunda-feira, 3 de setembro de 2007

"VENHAM A MIM TODOS VÓS..."



“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.” ( Mt 11:28 )
Palavras de Jesus ditas perante a multidão que se agitava buscando profetas, mestres, enfim, alguém que pudesse dizer algo vindo da parte de Deus, e Jesus não diz isso a toa. Ele viu, percebeu, discerniu, sentiu com a alma a dor e sobrecarga posta sobre os ombros daqueles que ali estavam diante d'Ele, e as únicas palavras que poderiam ser ditas, sendo Ele Graça e Verdade encarnada, sendo Ele alívio e perdão para o ser, foram: “Venham a mim... eu lhes darei descanso”. Seria interessante contextualizar o que ele disse, analisar as situações da época, os israelenses, as culturas, a religiosidade da época, enfim, fatos históricos e existenciais daquele tempo. Sim, seria, mas não agora. Agora o que posso ouvir é somente o que está dito: “Venham a mim... eu lhes darei descanso”. Não há motivações nenhuma agora para fazer analise textual de coisa alguma. Há somente uma alma desejando “ir” até Ele, e receber descanso, só isso. Não me interessa saber genealogias, nem tempos, nem “porques”, nem coisa nenhuma. Minha alma, agora, apenas ouvi docemente uma Voz dizer: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.”

Venham a mim todos que se cansaram de justificar suas próprias almas e oferecer des-culpas a Deus por medo do inferno, e nunca descansaram Nele;
Venham a mim todos que correram e se fatigaram na maratona de entender Deus buscando-o incessantemente e nunca descansaram Nele;
Venham a mim todos os que tentaram achar o caminho e fazer o bem esperando que tudo isso salvasse as suas almas, mas que nem assim descansaram Nele;
Venham a mim todos que disseram “Deus é Amor” e nunca experimentaram sabor algum Nele, e nunca descansaram Nele;
Venham a mim todos que amaldiçoaram em nome de Deus por sentir-se assim amaldiçoado por Ele perante tantas regras e leis, vocês, que nunca descansaram Nele;
Venham a mim todos os que destruíram suas almas e a do próximo, que causaram ruínas e desgraças pelo caminho, que derramaram sangue, que se envolveram em orgias sexuais, mentais, emocionais, existenciais, psicológicas, e nunca descansaram Nele;
Venham a mim todos que disseram em seu coração “certamente foi-me inútil manter puro o coração e lavar as mãos na inocência”, ou que também disseram “é inútil temer a Deus”, todos que não encontraram Paz para suas almas... Ouçam essa Voz, todos: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.”

Sim, o Evangelho é isso: Paz e Descanso Nele, Hoje e Agora. Sim, enquanto podemos ter Paz e Descansar nesses dias que são maus.

Nele, em quem minha alma descansa em Paz, eternamente.

Nenhum comentário:

DRUMMOND SEM TRIUNFOS

Chega um tempo em que só se diz "meu Deus" Tempo de inabissoluta depuração Tempo em que se diz "meu amor" Pois o...